Home
Quem Somos
Prof. Ricardo
Projetos de Organização
Programas de Treinamento
Palestras
Artigos Gerenciais
Frases
Contato

 FRASES CONCEITUAIS

Transcrição de trechos de destaque retirados de publicações, apostilas e palestras de autoria do Prof. Ricardo Ferro Tavares:

“O cálculo do preço de venda, obedecido ao conceito de “Mark up”, pode ser considerado como uma prática obsoleta e, portanto, deve ser evitada pelas empresas”.

“Executivos no topo da pirâmide estrutural - organograma – devem dominar o conceito de Margem de Contribuição para medição de resultados de produtos, unidades de negócio e atividades globais da empresa”.

“A redução de gastos com remuneração de executivos das áreas de controladoria e finanças, poderá gerar custos dado a deficiências no processo de planejamento e tomada de decisão”.

“A eficiência de um executivo deve ser medida com base na sua capacidade de agregação de valor efetivo, obedecido ao conceito de EVA ou “Economic Value Added””.

“O processo de planejamento orçamentário de uma empresa, não deve constituir apenas um breve exercício de números, representativo de vontades a serem atingidas”.

“A determinação do limite de crédito a um cliente deverá obedecer a sua capacidade estimada para a liquidação financeira dos valores na data contratual ou em um futuro breve”.

”Em períodos de crise econômica e financeira a concessão de limites de crédito deverá obedecer uma posição mais conservadora do que em fases de solidez e crescimento da economia”.

“A técnica de OBZ – Orçamento Base Zero ou “Zero Base Budgeting” deve ser aplicada como uma oportunidade de análise e revisão do processo de planejamento das operações e não como um simples trabalho de redução de gastos gerais”.

"Em vez de discutir preço de compra procure avaliar o custo variável do produto ou serviço e negociar uma porcentagem ou valor de margem de contribuição a ser adicionada, além dos impostos incidentes é claro. Em síntese: discuta custo variável mais margem e não apenas preço de compra".

"Produto não dá lucro. Produto dá margem de contribuição. A empresa como um todo é que deve dar lucro".

"Quem paga custo fixo é a somatória de margem de contribuição e não cada produto ou serviço isoladamente". (se referindo a sua não aprovação quanto ao rateio de custos fixos aos produtos ou serviços de forma isolada).

"Sempre que possível evite - em sua empresa - a síndrome do final do mês". (se referindo à necessidade de distribuição das operações durante o período).

"Procure definir padrões rigorosos de custos porém, padrões capazes de serem atingidos por sua equipe de trabalho".

"Antes de falar em objetivos orçamentários procure definir e deixar claro as principais políticas da organização". (se referindo à importância quanto à definição de políticas empresariais).

"Durante meio século o mundo sofreu uma verdadeira fobia em transferir custos fixos ao produto, através de rateios. Hoje está começando a aceitar o conceito de margem de contribuição". (se posicionando contra os rateios tradicionais de custos que apenas distorcem os custos das empresas e provocam a perda de oportunidades na área de vendas).

"Quando se define a porcentagem de margem a ser aplicada para um determinado produto, além dos aspectos de natureza mercadológica precisamos refinar nossos conceitos de caráter orçamentário." (se referindo à necessidade de desenvolvimento de um foco orçamentário de gestão).

"...agora todos precisam aprender a ganhar, também, quando compram, e não somente quando vendem aos consumidores." (em palestra dirigida a diretores e dirigentes de supermercados).

"Para se ter sucesso nos negócios, é preciso, em primeiro lugar, ter uma estrutura organizacional fortalecida, pois de nada adianta, por exemplo, ter o mais moderno computador, se não existem sistemas definidos." (se referindo ao equilíbrio necessário entre a estrutura orgânica, estrutura de sistemas e estrutura de suporte).

"Não basta apenas analisar o passado. Nós precisamos projetar os custos fixos do futuro, pensar em termos de moeda forte...". (se referindo à padrões de informação definidos em bases sólidas proporcionando comparações no tempo).

"...temos que pensar em vendas líquidas, retirando o ipi, icms, pis e cofins e qualquer outro imposto sobre vendas; pois não vendemos impostos, vendemos produtos". (se referindo ao grau de objetividade das informações contábeis e financeiras).

"Não ignore o preço da concorrência. Acompanhe-os em todas as suas reações. Não cobre preços muito diferentes por produtos equivalentes, salvo se tiver fortes razões para defender tal prática". (se referindo à importância de se analisar os aspectos de mercado em pricing).

"Os supermercados precisam aprender a ganhar quando compram, e não quando vendem". (em palestra dirigida a diretores e dirigentes de supermercados).

"O principal erro dos empresários é estabelecer preços políticos, sem levar em conta a matemática dos custos reais dos produtos".

"No Brasil há um vício de estocagem, o que é ruim, pois é preciso ganhar girando a mercadoria, e não estocando". Palestra AGAS/1992 (em palestra dirigida a diretores e dirigentes de supermercados).


Home Quem Somos Prof. Ricardo Projetos de Organização Programas de Treinamento Palestras Artigos Gerenciais Frases Contato
Site desenvolvido pela Intersoft © 2017 - Finance Training